História

A história do Lausanne Paulista Futebol Clube é apresentada com detalhes ao mundo esportivo tendo seu início graças aos esforços de jovens abnegados que praticavam o esporte bretão, em princípio na equipe do Pedreira FC, localizado nas terras vendidas pela família Savoy, onde além da famosa Pedreira, já extinta, havia olarias e uma fonte denominada Fonte Lausanne

É dada a partida: O primeiro time do Lausanne Paulista FC, formado pelos dissidentes do Pedreira. Em pé, da esquerda para a direita: João Bichão (torcedor), Egídio Bandini,Francisco Gaboni, Paschoal Gabriel, Guido Colombani, Guilherme Criminelli (Pé de Pato), João de Abreu e o presidente Lopes. Agachados: Antonio Bicheirinho, Juvenal, Etore Bandini, Mário Cortopaci e Guido Matteucci.

Não poderíamos deixar de falar na fundação do Lausanne Paulista FC, sem referenciar a figura ilustre de Alberto Savoy, digno representante e descendente de pais suíços nascidos em lugarejo próximo a cidade de Lausanne, na Suíça.

Preparados para um clássico: Um dos eméritos fundadores do Lausanne, Francisco Gaboni (esquerda), ao lado de Paschoal Gabriel, prontos para enfrentar o tradicional time do Chora Menino, 1928.

Seus pais quando chegaram ao Brasil, no século passado, instalaram-se no bairro da Luz, onde nasceu Alberto Savoy. No final do século passado a família Savoy, uma das pioneiras da região, possuia grandes glebas de terras na zona norte de São Paulo. Com o passar dos anos, Alberto Savoy e sua esposa Maria Bandini Savoy, resolveram vender parte das terras, cujo comprador foi Francisco Amaro & Cia que adquiriu mais de 1 milhão de metros quadrados de área. As terras compradas eram denominadas Tapera ou Pedreira e ficavam do outro lado do Córrego do Mandaqui, subdistrito de Santana.

Uma das primeiras equipes do Lausanne Paulista FC. O uniforme dos jogadores incluía boina, peça indispensável nas disputas dos anos 30.

Como Alberto Savoy era muito amigo de Francisco Amaro, este resolveu homenagear a família Savoy. Sabendo da origem suíça de seus pais, denominou a área de terra adquirida com o nome de Lausanne Paulista, devido também ser a área muito montanhosa, semelhante a da cidade suíça.

Homenagem a Maria Bandini Savoy: Festival do Lausanne Paulista em que o então presidente do clube José Simões (à esquerda) homenageava Maria Bandini Savoy, viúva de Alberto Savoy, ambos doadores do terreno no qual foi construída a sua praça de esportes, 1953.

Em princípio a semente já estava lançada, posteriormente esta mesma área de terra foi vendida aos donos da Tecelagem São Carlos, de propriedade de Piero Roversi e José Gonçalves Carneiro, por coincidência Piero era de origem suíça e com uma visão empresarial iniciou o loteamento Lausanne Paulista.

Daí até a fundação do Lausanne Paulista Futebol Clube foi só uma questão de tempo.

Como nasceu o Lausanne Paulista FC

Os jovens dissidentes do então Pedreira FC, capitaneados pelo saudoso e batalhador Francisco Gaboni e Arquimedes Mateuchi, resolveram marcar uma reunião na casa de Francisco Gaboni para tratarem seriamente da fundação de um novo clube. Estavam presentes Serafim Valente, Alfredo de Souza, Ernesto Bandini, Pedro e José Gaboni.

Festival da década de 50: Entrega do troféu para a equipe da Sociedade Esportiva Palmeiras que jogou a final com o Lausanne Paulista FC. Da esquerda para a direita: Sílvio Eufrásio, o mascote Donke, o Diretor Geral de Esportes do Lausanne, Adolfo Vasques. Atrás do troféu o técnico do Palmeiras, Aimoré Moreira.

Nessa reunião finalmente ficou determinada oficialmente a fundação do Lausanne Paulista FC, exatamente às 21 horas do dia 20 de março de 1927.

Vista Aérea do Clube Lausanne em 2014

O Lausanne Paulista Futebol Clube é um clube particular, com área de 17.860,00 m2, fundado em 20 de março de 1927, localizado no bairro Lauzane Paulista, na Zona Norte da cidade de São Paulo, com entrada principal à Rua Maria Bandini Savoy, 127 e uma segunda entrada de fundo à Rua Plinio Colas.

Lausanne é um nome próprio e deve-se a uma cidade da Suíça, próxima ao lugarejo de descendência de seu fundador, Alberto Savoy.

Possui a Arena Lausanne, antiga Praça de Esportes Alberto Savoy, com estádio de futebol de capacidade estimada para 2 mil pessoas; Ginásio Poliesportivo Cyro Gilberto Savoy, com capacidade estimada para 600 pessoas; Sauna; Piscina; Academia de Musculação e Ginástica Localizada; duas Quadras de Futebol Society; Churrasqueiras; Lanchonetes; um Salão de Festas com capacidade estimada para 150 pessoas; Escolinhas de FutSal; Estacionamento próprio e duas Quadras de Tênis.

Modalidades

Futebol de Campo

Society

Futsal

Tênis

Valores

Missão Valores Missão Sustentabilidade
Sabemos da importância de fazer a nossa parte, por isso apoiamos causas que forem voltadas ao nosso planeta e ao futuro das nossas gerações.

Visitas Ilustres

Passaram por aqui

Sempre com muito gosto recebemos ilustres visitas em nosso Clube.

Recentemente vieram nos visitar o ex-jogador e Técnico Dunga. Passaram por aqui também, Milene Domingues, ex-mulher do Ronaldo (fenômeno); Ronald (filho da Milene com Ronaldo), Falcão do futsal e da seleção brasileira, Simi, também da seleção Brasileira de Futsal; Diogo (Palmeiras); Paulinho (ex Corinthians, nas categorrias de base do futsal); Serginho Chulapa e Zé Maria (técnicos campeões pelo Lausanne na Copa Antarctica); Pires (ex Palmeiras) entre outros.

                                                                                                                        

Nós ganhamos a confiança de alguns parceiros.

Quer fazer parte desse Time? Envie e-mail para: comercial@clubelausanne.com.br

  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image
  • Image